Desabamento de prédios mata quatro pessoas na Sicília

O desabamento de dois prédios no centro de Palermo, capital da Sicília, deixou pelo menos quatro pessoas mortas nesta terça-feira, informou o Corpo de Bombeiros. Segundo os bombeiros, os prédios devem ter desabado por problemas estruturais. Pelo menos sete pessoas ficaram feridas e o prefeito de Palermo, Leoluca Orlando, foi ao hospital visitar as vítimas e depois se dirigiu ao bairro onde ficavam os dois prédios. Uma das moradoras de um dos prédios que desabou, Giuseppina Ferrara, disse que os moradores do terceiro e último andar de um dos prédios construíram um quarto andar irregular, o que pode ter abalado a estrutura e provocado o desabamento das construções, que eram vizinhas. Segundo a agência Ansa, o Ministério Público da Sicília abriu uma investigação criminal sobre o desastre.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.