Desabamento mata pelo menos oito e deixa cinco desaparecidos na Turquia

Além das mortes, acidente destruiu casas e soterrou automóveis

Efe,

27 de agosto de 2010 | 04h54

ANCARA - Pelo menos oito pessoas morreram, sete ficaram feridas e outras cinco estão desaparecidas por causa de um desprendimento de terra na província turca de Rize, norte do país, junto ao Mar Negro, informou nesta sexta-feira, 27, a agência "Anadolu".

O desabamento de terra aconteceu na quinta-feira à noite, após intensas chuvas, e afetou a localidade de Gundogdu, onde destruiu várias casas e soterrou mais de 50 automóveis.

O ministro de Estado Farouk Nafiz Ozak, encarregado de dirigir as investigações em Gundogdu, disse que, no momento, prosseguem as tarefas de busca e resgate, e as sete pessoas feridas foram hospitalizadas.

Ozak prometeu que o Estado pagará por um período de seis meses a um ano os aluguéis das pessoas que perderam suas casas.

Tudo o que sabemos sobre:
Desabamento, chuva, morte, Turquia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.