Desaparecidos em cruzeiro são procurados novamente

Os mergulhadores retomaram a busca por 21 pessoas ainda desaparecidas após um cruzeiro naufragar perto da ilha italiana de Giglio, na costa da Toscana. As equipes vasculhavam a área submersa nesta quinta-feira, após funcionários determinarem que a embarcação estava estabilizada, após se movimentar no dia anterior.

AE, Agência Estado

19 de janeiro de 2012 | 09h17

Há a previsão de mar bravio para mais tarde nesta quinta-feira, o que dá mais incerteza aos trabalhos. Além disso, há o plano para começar a bombear o combustível do navio.

Entre os desaparecidos estão uma menina italiana de 5 anos e o pai dela. A mãe da garota fez um apelo para que se apressem as buscas e para que os passageiros que viram seus familiares ajudem a determinar onde eles foram vistos pela última vez. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Itáliacruzeirodesaparecidos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.