Desaparecimento de vice gera rumores nos EUA

Os movimentos do vice-presidente norte-americano, Dick Cheney, parecem mais secretos que os do próprio Osama bin Laden, levando os Estados Unidos a se perguntarem onde estará ele. O terrorista foi visto pela menos em um vídeo, mas o número dois da Casa Branca, retirado de circulação no domingo ao mesmo tempo em que eram iniciados os ataques contra o Afeganistão, é mantido bem longe dos olhos do público. Tal situação gerou em Washington os rumores mais extravagantes: alguns dizem que Cheney está gravemente enfermo, enquanto outros garantem que ele está em uma missão secreta no exterior. Seja como for, os rumores foram rapidamente desmentidos pela Casa Branca. A razão oficial do desaparecimento de Cheney está relacionada com "medidas de precaução". "O vice-presidente foi levado a um local secreto", explicou o porta-voz da Casa Branca, Ari Fleischer. "Ele está sendo mantido à distância do presidente por razões de segurança".

Agencia Estado,

11 Outubro 2001 | 18h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.