Leo La Valle/Efe
Leo La Valle/Efe

Descarrilamento de trem deixa mais de 30 feridos em Buenos Aires

Último vagão saiu dos trilhos e bateu em uma torre de sinalização a 300 metros da estação Retiro

estadão.com.br,

06 de agosto de 2012 | 16h38

BUENOS AIRES - Pelo menos 31 pessoas ficaram feridas, seis com lesões mais sérias, após o descarrilamento do último vagão de um trem, nesta segunda-feira, 6. O acidente ocorreu por volta do meio-dia na linha Mitre, que liga o centro de Buenos Aires aos subúrbios do norte, a 300 metros da estação Retiro.

Veja também:

link Trem bate em ônibus escolar e fere 11 pessoas

link Acidente no sul da Argentina deixa 12 mortos

O serviço de trens precisou ser paralisado, agravando a situação do transporte público, já prejudicada pela greve nas seis linhas de metrô da cidade. Os grevistas pedem aumento salarial.

O médico Alberto Crescenti, chefe do Sistema de Atentimento Médico de Emergência, confirmou a jornalistas que o acidente deixou "seis feridos, nenhum grave, com politraumatismos; enquanto outras 25 pessoas foram atendidas no local (do acidente)". Os seis feridos foram levados para hospitais públicos da região.

Por motivos que estão sendo investigados, o último vagão do trem, que vinha do Tigre, no norte da capital, saiu dos trilhos e bateu contra uma torre de sinalização, que caiu sobre ele. Houve pânico entre os passageiros.

Com AP 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.