Descoberta vala comum com 30 supostas vítimas de Saddam

Uma cova coletiva com mais de 30 corpos foi encontrada no sábado na cidade sagrada de Kerbala, 90 quilômetros ao sul de Bagdá. A polícia suspeita que as vítimas tenham sido mortas em 1991 pelas forças de segurança do ex-ditador Saddam Hussein. Na época, o exército de Saddam massacrou dezenas de xiitas que se rebelaram contra o governo logo depois do fim da Guerra do Golfo.Um iraquiano descobriu a cova sem querer, quando encontrou ossos e pedaços de roupas enquanto escavava um terreno para construir sua casa. Ele notificou as autoridades locais, que acabaram identificando restos mortais de mais de 30 homens e mulheres. Dezenas de iraquianos foram ao local observar a descoberta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.