Descobertas relíquias de 8.000 anos em Israel

Uma escavação arqueológica que precede a construção de uma estrada no sul de Israel revelou uma aldeia de 8.000 anos, da Era do Bronze, e os restos de uma habitação judaica o primeiro século depois de Cristo, informa a Autoridade de Antigüidades de Israel. Os empreiteiros envolvidos na nova estrada pediram que a Autoridade realizasse escavações exploratórias em Ptora, na área arqueológica a leste da cidade de Kiryat Gat, antes que tivesse início a parte mais pesada das obras.Kiryat Gat, fundada em 1955, deve seu nome à cidade filistéia de Gath, terra natal do gigante bíblico Golias. Acreditava-se que a antiga Gath ficasse nas imediações. Hoje, arqueólogos crêem que a Gath histórica ficava mais a nordeste. As autoridades dizem que a descoberta em Ptora mostra que seus habitantes praticavam agricultura, cerâmica e produziam cobre. O lugar foi habitado até 3.000 aC.Também foram revelados no local restos de uma fazenda do primeiro século da era cristã, aparentemente abandonada pelos moradores durante a revolta dos judeus contra Roma, em 70 dC.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.