Descoberto depósito de armas de extremistas judeus

Os serviços secretos israelenses descobriram na colônia de Adei-Ad um depósito de armas e munições utilizadas por membros das Brigadas Ghilad-Shalhevet, um grupo de extremistas judeus ao qual foram atribuídos osatentados nos quais morreram pelo menos oito palestinos.A notícia foi dada pela rádio militar, que afirmou que no esconderijo dos extremistas foram localizados mísseis anti-ataque, metralhadoras, fuzis M-16, lança-granadas e grandes quantidades de munições. A emissora israelense disse que algumas das armas encontradas foram utilizadas em sete atentados que provocaram a morte de oito palestinos.

Agencia Estado,

20 de setembro de 2003 | 13h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.