Desenvolvimento do Haiti requer US$ 1,3 bilhão

O Haiti necessita de US$ 1,364 bilhão, nos próximos anos, para viabilizar seu desenvolvimento econômico, social e político, segundo um informe do Banco Mundial (Bird). Deste total, US$ 440 milhões já estão financiados e o restante, US$ 924 milhões, será arrecadado durante uma conferência de doadores marcada para Washington, na próxima semana, informa o Bird.O valor foi estabelecido durante um trabalho conjunto entre o governo interino do primeiro-ministro Gerard Latortue e peritos do Banco Mundial, do Banco Interamericano de Desenvolvimento, das Nações Unidas e da União Européia.Depois de quase três meses de trabalho, o grupo emitiu um informe denominado "Cooperação Interina Piloto", que será o documento-base da conferência de Washington. Hoje, uma delegação formada por cinco chanceleres caribenhos chegou ao Haiti para se reunir com os líderes interinos na esperança de restaurar relações, que foram abaladas pela queda do presidente Jean-Bertrand Aristide.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.