Desertores resistem à ofensiva de Assad

Soldados e policiais sírios que rejeitaram disparar contra a população e desertaram permaneciam ontem na cidade de Jisr al-Shughour para enfrentar um iminente ataque das forças do presidente Bashar Assad. Tanques e soldados do ditador aproximavam-se da cidade para lançar uma ofensiva em represália à morte de 120 policiais na segunda-feira. Milhares de moradores fugiram rumo à Turquia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.