Deslizamento de terra isola 500 pessoas e mata 5 na China

Centro meteorológico afirma que ainda podem ocorrer mais acidentes geológicos nos próximos dias

Efe

13 de agosto de 2010 | 00h55

Chuva deixou ruas completamente submersas em Sichuan.

 

PEQUIM - Deslizamentos de terra causados pelas fortes chuvas que atingem a China mataram cinco pessoas e deixaram mais de 500 isoladas na província de Sichuan, no sul do país, informou a agência estatal de notícias Xinhua na noite de quinta-feira, 12 (manhã de sexta pelo horário local).

Meios de comunicação estatais chineses informaram que o número de mortos em decorrência dos deslizamentos de terra no noroeste do país subiu para 1.117. Citando autoridades locais, a agência Xinhua informou que ainda há 627 desaparecidos.

Comunidades inteiras do distrito de Zhouqu, na província de Gansu, foram arrastadas quando os escombros que desciam pelo rio Bailong invadiram as vilas no domingo. A região continua registrando fortes chuvas hoje. Na medida em que a expectativa de encontrar mais sobreviventes diminui, as equipes de resgate trabalham para evitar surtos de doenças.

O Centro Meteorológico Nacional informou que há uma chance "relativamente grande" de que ocorram mais deslizamentos de terra nos próximos dias, já que a chuva deve se intensificar. Mais de 90 milímetros são previstos para sexta-feira.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinadeslizamentochuvas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.