Google Street View / Reprodução
Google Street View / Reprodução

Deslizamento de terra deixa pelo menos 31 mortos no leste da Uganda

Pedras cederam do Monte Elgon e provocaram o alagamento de um rio, que arrastou as vítimas, destruiu casas e soterrou animais

O Estado de S.Paulo

12 Outubro 2018 | 04h14

KAMPALA - Pelo menos 31 pessoas morreram durante um deslizamento que destruiu casas e soterrou animais no Monte Elgon, no leste de Uganda, informou o governo nesta sexta-feira, 12. 

Segundo o Comissário de Prevenção e Gestão de Disastres, Martin Owor, o deslizamento atingiu um pequeno município aos pés da montanha. "A maioria das vítimas foram atingidas em um centro comercial, quando o deslizamento lançou grandes rochas em um rio, que alagou e arrastou as pessoas", disse.

A 250 quilômetros da capital, Kampala, o Monte Elgon faz fronteira com o Quênia e é uma região conhecida pelos deslizamentos de rochas e terra durante períodos de chuvas intensas. Em 2010, um desastre do tipo deixou 80 mortos. 

Equipes de resgate procuram por vítimas e sobreviventes nesta sexta. "Há pessoas que ficaram desalojadas e precisam de abrigo, comida e todo o apoio necessário", disse Owor. O plano inicial é retirar as pessoas das áreas mais vulneráveis. //REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.