Deslizamento pode ter matado centenas no México

Centenas de pessoas podem ter morrido soterradas após um deslizamento no Estado mexicano de Oaxaca, segundo informações do governador local, Ulises Ruiz. Em entrevista à emissora Televisva, Ruiz disse hoje que as chuvas fortes causaram o deslizamento de um morro, que atingiu entre 100 e 300 casas em Santa María de Tlahuitoltepec, uma comunidade rural no sul do México, na madrugada desta terça-feira.

AE-AP, Agência Estado

28 de setembro de 2010 | 11h38

A estimativa é que vivessem nessas casas entre 500 e 1 mil pessoas. A cidade de Santa María Tlahuitolpepec fica 220 quilômetros a leste da Cidade do México. Segundo o governador, as equipes de resgate enfrentam dificuldades para chegar à área.

O diretor do Instituto Estatal de Proteção Civil, Carlos Ramos Aragón, confirmou que 300 casas ficaram soterradas após o deslizamento de um monte da cidade, informou o site do jornal El Universal. De acordo com Aragón, o Exército foi enviado à área para auxiliar os trabalhos das equipes de resgate.

Tudo o que sabemos sobre:
Méxicodeslizamentochuvamortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.