Deslizamento soterra 20 trabalhadores no sul da China

Um deslizamento de terra soterrou hoje 20 trabalhadores em um alojamento provisório de uma pedreira no sul da China, local atingido por uma chuva forte no fim de semana, informou a agência de notícias estatal Xinhua. Ainda não há notícias de mortos ou feridos na vila de Luojiang, próxima à cidade turística de Guilin. Policiais e socorristas equipados com duas escavadoras procuravam por sobreviventes.

AE, Agência Estado

09 de maio de 2011 | 15h58

O deslizamento atingiu a pedreira por volta de 1h30 da madrugada de hoje, horário de Brasília, soterrando o alojamento com um monte de lama equivalente a um campo de futebol. As chuvas fortes ocorreram durante o final de semana sobre a região autônoma de Guangxi Zhuang, a cerca de 1.750 quilômetros ao sul da capital Pequim, fronteira com o Vietnã, de vegetação densa e com montanhas íngremes.

A chuva torrencial que começou na noite de sábado forçou a retirada de 70 habitantes de uma vila vizinha e o cancelamento das viagens de muitos turistas. A chuva já parou nesta segunda-feira, mas as estradas foram inundadas e as encostas ficaram saturadas. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.