Deslizamentos danificam mansão de Oprah Winfrey na Califórnia

Apresentadora publicou nas redes sociais um vídeo no qual aparece com lama até os joelhos diante de sua casa em Montecito; até o momento, 17 pessoas morreram

O Estado de S.Paulo

11 Janeiro 2018 | 12h24

LOS ANGELES, EUA - Os deslizamentos de terra na Califórnia - que já mataram 17 pessoas - estão causando diversos estragos na região, enquanto equipes de resgate procuram sobreviventes e corpos entre os escombros das casas destruídas. Dentre elas, está a mansão da apresentadora de televisão Oprah Winfrey.

+ Metade dos incêndios na Califórnia está controlada, diz autoridades

Oprah publicou nas redes sociais um vídeo no qual aparece com lama até os joelhos diante de sua mansão em Montecito, no condado de Santa Bárbara. Nesta semana, ela foi alvo de boatos sobre sua candidatura à presidência dos EUA em 2020, depois de seu discurso ao receber um prêmio no Globo de Ouro, no domingo.

+ Incêndios na Califórnia chegam à região de Montecito, em Santa Bárbara

"Parte do problema é que o (recente) incêndio criou uma situação na qual o barro desceu" sem barreiras, explicou Richard Targonia, vizinho da localidade de Carpintería. "Se ainda tivéssemos toda a vegetação nas montanhas isto não teria sido tão grave.”

A apresentadora Ellen DeGeneres também foi prejudicada pelos deslizamentos. "Esta é a rua diante da nossa casa, mas ainda não sei nada do nosso lar. Fico com o coração partido por nossa comunidade em Montecito", disse nas redes sociais.

Mais de 50 km da rodovia 101, que atravessa a Califórnia de norte a sul, foram interditados porque a lama bloqueou várias rotas e destruiu casas. No condado de Ventura, foi registrado um recorde de 13 centímetros cúbicos de chuvas, segundo o serviço meteorológico de Los Angeles.

"Minha família tem uma casa aqui há 30 anos e jamais vi algo assim", explicou Melissa Ausanka-Crues, uma enfermeira de 29 anos.

Grande parte da região já tinha sido recentemente prejudicada pelo incêndio Thomas. Em sua passagem, as chamas acabaram com as vegetações necessárias para absorver o excesso de água, tornando o terreno mais suscetível às inundações.

As inundações provocaram danos no lado sul das colinas de Montecito, povoado de 9 mil habitantes ao noroeste de Los Angeles, lançando enormes pedras contra as casas, segundo o serviço de emergência. Os bombeiros de Santa Bárbara resgataram uma menina de 14 anos que ficou presa à lama durante horas em uma casa que desabou.

As chuvas pararam na terça-feira à noite, mas as ordens para deixar a região seguem ativas em razão da ameaça de novos deslizamentos. "Qualquer chuva adicional vai deslizar mais lama para baixo", disse o comandante de bombeiros de Burbank, John Owings, ao canal local KCAL9. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.