Deslizamentos de terra fazem vítimas no sul da China

Inundações e chuvas afetam 42 distritos de nove cidades na região autônoma de Guangxi

Efe,

07 de junho de 2010 | 04h52

PEQUIM - O número de mortos por causa dos deslizamentos de terra na região autônoma chinesa de Guangxi, situada no sul do país, chegou a 53, informou nesta segunda-feira, 7, a agência oficial de notícias Xinhua.

 

Durante os últimos três dias as chuvas, as inundações e os deslizamentos afetaram 42 distritos de nove cidades, entre as quais Laibin, Yulin e Wuzhou, apontou o Escritório de Controle de Inundações e Secas.

 

Além disso, a informação ressalta que 11 mil casas foram destruídas, 200 mil pessoas evacuadas e 182.460 hectares de cultivo afetados.

 

O país sofre a cada ano com vários desastres naturais, sobretudo na época ds tufões, que costuma começar em maio e terminar em setembro ou outubro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.