Deslizamentos de terra na Uganda matam ao menos 23

Deslizamentos de terra no leste da Uganda mataram ao menos 23 pessoas e acredita-se que mais vítimas estão soterradas sob a lama, disse a Cruz Vermelha da Uganda nesta segunda-feira.

REUTERS

29 de agosto de 2011 | 09h27

Deslizamentos ocorreram na manhã desta segunda-feira depois de fortes chuvas próximo à fronteira com o Quênia, destruindo centenas de casas, informou a Cruz Vermelha em comunicado.

"Temos confirmados até agora 23 mortos nos vilarejos de Mobano e Meru, no distrito de Bulambuli, mas só conseguimos retirar 15 corpos. O deslizamento de terra ocorreu aproximadamente à 1h (19h de domingo, no horário de Brasília)", disse Catherine Ntabbade, porta-voz da Cruz Vermelha da Uganda à Reuters.

A mídia local citou autoridades locais dizendo que haveria um provável aumento no número de mortos. As fortes chuvas também provocaram inundações e danos à agricultura em algumas áreas, disse a entidade.

Multidões de ugandenses morreram em um desastre semelhante em março do ano passado.

(Reportagem de Elias Biryabarema)

Tudo o que sabemos sobre:
UGANDADESLIZAMENTOMORTOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.