Destruição de mísseis é "cínica", diz Straw

O chanceler britânico Jack Straw afirmou hoje que a decisão do Iraque de destruir os mísseis Samud 2 é uma manobra ?cínica?, para ganhar tempo e evitar a guerra. Aviões norte-americanos e britânicos fizeram hoje um novo ataque no sul do Iraque, lançando bombas inteligentes contra três radares móveis e um posto de mísseis anti-aéreos, segundo o comando central de Tampa, na Flórida. Bagdá denuncia que esses bombardeios são dirigidos contra instalações civis, e o Pentágono fala em ?objetivos militares?. Os Estados Unidos disseram que o ataque foi lançado nos arredores de Nasiriyah, a 250 quilômetros sudoeste de Bagdá. No Iraque, porém, as informações são de que os ataques afetaram uma zona em volta do aeroporto de Bassora, que está mais ao sul, e que três civis se feriram.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.