Destruição do tufão Prapiroon pode superar a do Bílis

A tempestade tropical Prapiroon se transformou em tufão e os meteorologistas alertaram para o seuenorme potencial destrutivo, que pode ser maior que o do Bilis, que fez mais de 600 mortes em julho, informou a imprensa chinesa. O Prapiroon ("Deus da Chuva", em tailandês) se encontrava, segundo as últimas informações, a pouco mais de 300 quilômetros do litoral oeste da província de Cantão, no sul, com ventos de 12 graus na escala Beaufort, disse a agência oficial Xinhua. O tufão se desloca em direção noroeste, a 15 km/h, e sua força está aumentando. A estimativa é de que ele chegue à ilha de Hainan e ao oeste de Cantão na tarde ou noite desta quinta-feira (horário local). Apesar da distância, a influência do tufão começou a ser sentida em Hong Kong na tarde de quarta-feira. O forte vento derrubou mais de 10 contêineres de 12 metros de comprimento no porto da ilha e provocou vários acidentes de trânsito, informou o jornal South China Morning Post. Chuvas e ventos também começaram a afetar a província deCantão. Segundo o centro meteorológico nacional, a influência do tufão também vai chegar às províncias de Guangxi e Guizhou, e haveráchuvas de 100 a 180 milímetros. Por enquanto, Hainan, Cantão e Guangxi já mandaram evacuar 65 mil pessoas. A temporada de tufões este ano começou mais de um mês antes do normal, com a chegada em maio do "Chanchu", e acumula um saldo de 700 mortos e 300 desaparecidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.