Detida em Lisboa brasileira acusada de auxiliar imigração ilegal

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve nesta sexta-feira em Lisboa uma brasileira suspeita de estar envolvida em crimes de auxílio à imigração e angariação de mão-de-obra ilegal e de fraudes de trabalho e emprego.Fonte das relações públicas do SEF disse à Agência Lusa que a brasileira foi detida no momento em que acabava de receber dinheiro de 15 brasileiros acabados de chegar a Portugal pelas fronteiras aéreas e terrestres para os colocar no mercado de trabalho clandestino.Os 15 clandestinos também foram detidos. A mesma fonte adiantou que a brasileira, em situação ilegal em Portugal, e com uma idade entre os 30 e os 40 anos, presumivelmente trabalhava sozinha na angariação de mão-de-obra clandestina proveniente do Brasil.A operação que levou à detenção decorreu em função de um inquérito que decorre na Direção Central de Investigação Pesquisa e Análise de Informação (DCIPAI) do SEF, e a detida será conduzida sábado a um juiz do Tribunal de Instrução Criminal (TIC) de Lisboa, que decidirá se a brasileira fica ou não em prisão preventiva.Os 15 imigrantes ilegais, testemunhas de acusação no processo, ficam também em detenção, sendo depois acionado o retorno ao país de origem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.