Detido jornalista que tentava conseguir emprego em Buckingham

Um jornalista do jornal sensacionalista britânico Daily Mirror foi detido no Palácio de Buckingham após tentar conseguir um emprego na residência real, informou hoje oTablóide. Robert Stansfield, de 25 anos, foi detido na sexta-feira passada após realizar uma entrevista de trabalho. Ele foi posto em liberdade depois do pagamento de uma fiança, especificou uma porta-voz do jornal. "Nosso jornalista cumpria uma tarefa jornalística legítima quando foi detido", acrescentou a porta-voz. Segundo a fonte, o repórter pretendia testar os procedimentos de contratação de pessoal do palácio, questionados pela imprensa britânica em 2003 após outro jornalista do Daily Mirror ter se infiltrado durante dois meses como criado da realeza. Ele fora contratado mesmo tendo entregue referências falsas. "Estamos satisfeitos em comprovar que o Palácio aprendeu as lições de nossa investigação anterior e que desde então intensificou as medidas de segurança", acrescentou.Em janeiro passado a Polícia britânica deteve uma jornalista do dominical News of the World, Bethany Usher, de 25 anos, que também tentava conseguir um trabalho no palácio.Em 2003, a notícia de que um jornalista do Mirror tinha se feito passar durante dois meses como criado da Família Real foi divulgada no mesmo dia em que o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, iniciava uma visita de estado ao Reino Unido, supostamente rodeada da maior vigilância policial da história em Londres.O repórter obteve na época um passe de segurança que permitia o acesso a todos os lugares de Buckingham, entre elas a Suíte Belga na qual Bush ficou hospedado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.