Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Detido número dois da Al-Qaeda no Iraque

O governo de Bagdá anunciou neste domingo a detenção do "número dois" do grupo terrorista internacional da Al-Qaeda no Iraque, identificado como Abu Hammam, acusado de ter cometido o atentado contra um mausoléu xiita em fevereiro em Samarra.O conselheiro de Segurança Nacional iraquiano, Muafaq al-Rabie, anunciou a captura de Abu Hammam, mas não informou nem a nacionalidade do detido nem quando aconteceu a detenção.Rabie disse que o verdadeiro nome de "Abu Hammam" é Hamed Al-Suaidi, mas não deu mais detalhes. "A Al Qaeda está muito debilitada, recebeu um duro golpe", disse o conselheiro.A operação de captura do terrorista aconteceu "após receber informação de inteligência", segundo Rabei.Ao ver que seria detido, Abu Hammam tentou usar "mulheres e crianças" como escudos humanos, mas os soldados que participavam da operação conseguiram capturá-lo.O conselheiro responsabilizou Abu Hammam de vários atentados a bomba, o mais grave deles em 22 de fevereiro contra o mausoléu de Ali al-Hadi, um dos 12 imames mais venerados pelos xiitas de todo o mundo, que desatou uma onda de violência sectária sem precedentes no Iraque.Segundo Rabei, Abu Hammam era o "número dois" da organização terrorista, abaixo de Abu Ayub Al-Masri, o homem que assumiu a organização no Iraque após a morte do jordaniano Abu Musab al-Zarqawi em 7 de junho em um bombardeio americano.Matéria ampliada às 17h34

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.