Detidos 154 em marcha anti-Islã em Bruxelas

A polícia da Bélgica deteve ontem pelo menos 154 pessoas que tentavam realizar em Bruxelas uma marcha contra a "islamização da Europa" que havia sido proibida, pelo temor de incidentes com imigrantes muçulmanos. Entre os detidos está Frank Vanhecke, presidente do partido de extrema direita Vlaams Belang (na foto, alguns partidários).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.