Detidos suspeitos do atentado terrorista no metrô de Minsk

Procurador-geral adjunto e chefe da equipe que investiga o atentado terrorista disse à imprensa que os dois detidos são cidadãos bielorrussos e "se conhecem há muito tempo"

Efe,

13 de abril de 2011 | 05h27

MOSCOU - As forças de segurança bielorrussas detiveram dois suspeitos do atentado terrorista de segunda-feira, 11, no metrô de Minsk, que deixou 12 mortos e 150 feridos, anunciou nesta quarta-feira, 13, o procurador-geral adjunto de Belarus, Andrei Shved.

 

"Pode-se supor, com alto grau de probabilidade, que um dos detidos é o autor (do atentado)", disse Shved, que se baseou no estudo das imagens captadas pelas câmeras de segurança do metrô, informou desde a capital bielorrussa a agência Interfax.

 

O procurador-geral adjunto e chefe da equipe que investiga o atentado terrorista disse à imprensa que os dois detidos são cidadãos bielorrussos e "se conhecem há muito tempo".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.