Dez civis morrem em bombardeio aéreo americano em Faluja

Dez civis morreram nesta sexta-feira, 6, devido a um bombardeio aéreo americano contra uma zona residencial de Faluja, 50 quilômetros ao oeste de Bagdá, informaram fontes policiais na cidade.As fontes acrescentaram que o número de vítimas no bairro Fuheilat, no sudoeste de Faluja, ainda poderia aumentar, já que as tarefas de remoção de escombros da casa derrubada pelas bombas não terminaram e pode haver mais mortos.O Exército americano ainda não deu sua própria versão dos fatos, mas alguns moradores disseram que a casa servia de esconderijo para Safuk al-Ali, considerado líder da Al-Qaeda na zona de Faluja.Também em Faluja, sete membros de uma mesma família - entre eles duas mulheres e três crianças - morreram devido à explosão de uma bomba em Ameriyat al-Fallujah, aldeia situada dez quilômetros ao sul da cidade.Aparentemente, o veículo onde estavam passou por uma das bombas colocadas na beira da estrada, normalmente destinadas aos comboios militares americanos.Outra bomba explodiu nesta sexta-feira no oeste de Faluja, e deixou sete pessoas feridas - seis delas mulheres -, que viajavam em uma caminhonete.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.