Dez são mortos em clínica para dependentes no México

Atiradores mataram dez pessoas num centro de tratamento para dependentes de drogas na cidade fronteiriça mexicana de Ciudad Juarez, norte do país. Um porta-voz da polícia do Estado de Chihuahua disse que ainda não se sabe a identidade dos matadores nem o motivo que teria levado ao crime, o segundo do tipo ocorrido neste mês. Dezoito pessoas foram mortas em outro centro para dependentes da cidade no dia 2 de setembro.

AE-AP, Agencia Estado

16 de setembro de 2009 | 15h41

Funcionários disseram que os traficantes podem estar usando os centros de reabilitação para recrutar vendedores de drogas ou para eliminar rivais que os usam como esconderijos. Nove mulheres e um homem foram mortos no último ataque, ocorrido pouco antes da meia-noite de ontem, no centro Anexo de Vida. Duas pessoas ficaram seriamente feridas.

Tudo o que sabemos sobre:
Méxicomortesclínicadependentes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.