Dez supostos rebeldes morrem em incidentes no Iraque

Dez supostos rebeldes iraquianos morreram neste domingo, 2, em diferentes regiões do país, entre eles seis que estariam preparando uma bomba e que faleceram na explosão acidental do artefato, disseram fontes policiais. Segundo o capitão da Polícia Ahmed Abdalah, esta explosão ocorreu em uma casa de Kuaidat, 30 quilômetros ao sul de Bagdá, e indícios apontam para o fato de a bomba não ter sido dirigida contra os ocupantes da casa, que estariam preparando um artefato para ser utilizado posteriormente em ações terroristas. Um comunicado militar americano informou sobre a morte de quatro supostos rebeldes em dois incidentes diferentes em Balad, 80 quilômetros ao norte de Bagdá. Em ambos os casos, forças conjuntas iraquiano-americanas foram alvo de fogo inimigo e, ao responder aos ataques, deixaram quatro mortos e uma quinta pessoa ferida, segundo o comunicado. Por último, o capitão Ahmed Abdalah informou sobre a descoberta de um corpo, com marcas de tiros, em uma vala na estrada da cidade de Madain, 25 quilômetros ao sudeste de Bagdá.

Agencia Estado,

02 Abril 2006 | 10h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.