Dez trabalhadores morrem em incêndio em Moscou

Autoridades russas informaram que dez pessoas morreram e treze ficaram feridas num incêndio que atingiu uma garagem subterrânea de um edifício novo em Moscou. O Ministério do Interior disse que as vítimas eram operários de construção que estavam morando no prédio.

EQUIPE AE, Agência Estado

26 de janeiro de 2013 | 13h37

A agência de notícias Interfax informou que a companhia Tashir Construction era responsável pela conclusão do edifício, que estava prevista para junho de 2012. No entanto, a porta-voz da empresa, Marina Gaze, disse, segundo a agência, que o trabalho de construção do prédio estava concluído. Ela negou que as vítimas eram funcionários da companhia e disse que a construtora poderá "esclarecer" quem eram e porque estavam lá.

O número elevado de mortes no incêndio deste sábado ressalta o fraco padrão de segurança que se tornou comum em um país onde a propina é muito difundida e as regulações raramente são cumpridas. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
rússiaincêndio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.