Dez voos entre Brasil e EUA são cancelados

Ao menos dez voos que transportariam passageiros entre o Brasil e os EUA foram cancelados ontem, segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). Algumas companhias aéreas avisaram que voos que sairão hoje também deverão ser cancelados em razão das condições climáticas nos aeroportos americanos. Cerca de 16 mil voos foram afetados em todo o mundo desde domingo.

RODRIGO BURGARELLI, O Estado de S.Paulo

31 de outubro de 2012 | 02h02

Quatro dos voos cancelados sairiam do Brasil em direção aos EUA. A American Airlines, a Delta, a TAM e a United Airlines deixaram de operar voos saindo do Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, em direção a Nova York e a Newark. As partidas estavam marcadas para as 8h45 e para as 21 horas.

Outros seis voos que deveriam ter saído de aeroportos americanos com destino ao Brasil também foram cancelados em razão das condições climáticas em Nova York e em Newark. Três deles eram da American Airlines, um da TAM, um da Delta e outro da United Airlines, que deveriam ter pousado em Cumbica ou no Aeroporto do Galeão, no Rio.

Desde domingo, ao menos 26 voos entre os dois países tiveram de ser cancelados em razão da tempestade. A TAM e a American Airlines informaram que seus voos com destino a Nova York ou a Newark programados para hoje deverão ser cancelados pelo mesmo motivo. Até ontem, as outras empresas aguardam informações atualizadas para decidir o que fazer.

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) recomenda aos passageiros que confirmem seus voos com as companhias aéreas antes de sair de casa para viajar.

Caso o passageiro se sinta prejudicado, deverá procurar as empresas aéreas, a Anac, os órgãos de defesa do consumidor ou a Justiça.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.