Dezenas de corpos são encontrados perto de Damasco

Dezenas de corpos foram encontrados no necrotério de um hospital da província síria de Damasco, informou o grupo Observatório Sírio pelos Direitos Humanos, acrescentando que as circunstâncias das mortes não foram esclarecidas.

AE, Agência Estado

14 de outubro de 2012 | 13h22

"Nós sabemos que eles foram mortos a tiros, a maioria provavelmente em confrontos com o Exército", disse o diretor do grupo, Rami Abdel Rahman. "Muito provavelmente, são corpos de combatentes rebeldes, mas não podemos confirmar isso."

Os corpos foram encontrados em uma área a sudoeste de Damasco, entre Moadamiyat al-Sham e Daraya, palco de terríveis ataques do Exército e batalhes com rebeldes, que resultou no massacre de mais de 500 pessoas em Daraya no final de agosto.

O grupo, sediado em Londres, disse também que o Exército sírio lançou um contra-ataque contra rebeldes no norte do país neste domingo. Em Idlib, no noroeste, cuja maior parte do território está agora nas mãos dos rebeldes, o Exército usou jatos de combate para bombardear Maaret al-Numan, capturada pelo grupo rebelde Exército Livre Sírio no início desta semana.

No leste de Maaret al-Numan, tropas do Exército tentaram impedir um novo ataque rebelde à base militar de Wadi Deif, a maior de Idlib, onde grandes quantidades de combustível e tanques estão guardadas.

O contra-ataque ocorreu depois de os rebeldes terem capturado três oficiais militares em Idlib, afirmou o Observatório, que recebe informações de uma rede de ativistas, advogados e médicos que ainda estão em território sírio. Na semana passada, os rebeldes capturaram 256 soldados durante um confronto perto da fronteira com a Turquia. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
DamascocorposObservatório Sírio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.