Dezenas de imigrantes ilegais morrem asfixiados em caminhão na Tanzânia

Pelo menos 45 corpos foram encontrados na floresta de Chitego, em Kongwa, no centro do país

Efe,

27 de junho de 2012 | 05h26

NAIRÓBI - Pelo menos 45 imigrantes ilegais etíopes que viajavam escondidos em um caminhão morreram asfixiados na Tanzânia, enquanto outros 72 se encontram em situação crítica por falta de oxigênio, informou o vice-ministro do Interior tanzaniano, Pereira Ame Silima, citado nesta quarta-feira, 27, pelo diário local "The Guardian".

 

Silima afirmou que os corpos foram encontrados na terça-feira, 26, na floresta de Chitego, no distrito de Kongwa, no centro da Tanzânia. "Quando o motorista se deu conta de que havia mortos, os abandonou na floresta e fugiu com o caminhão", indicou Silima, antes de acrescentar que os imigrantes provavelmente estavam a caminho de Malauí.

 

Em sua maioria, os mortos são pessoas idosas, enquanto os sobreviventes são jovens que foram atendidos em hospitais da região, à espera de as autoridades tanzanianas entrarem em contato com a Embaixada da Etiópia para analisar o caso. "Estamos investigando o caso e buscando o veículo que os transportava", indicou o vice-ministro tanzaniano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.