Dezenas de milhares dão as mãos contra plano de Sharon

De Gaza a Jerusalém, dezenas de milhares de israelenses deram-se as mãos neste domingo, formando uma corrente humana em protesto contra o plano do primeiro-ministro Ariel Sharon de desmontar os assentamentos israelenses e retirar o exército do território palestino da Faixa de Gaza. Os organizadores esperavam contar com 150.000 manifestantes, igualando o número que participou de uma demonstração pró-retirada, dois meses atrás.

Agencia Estado,

25 de julho de 2004 | 12h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.