Dezesseis morrem em desabamento de mina de carvão na China

Outros 11 trabalhadores foram feridos, de acordo com agência estatal; a causa do acidente está sendo investigada

Kazunori Takada, REUTERS

25 de outubro de 2014 | 10h46

Dezesseis trabalhadores foram mortos depois que uma mina de carvão desabou na região ocidental da China de Xinjiang, informou a agência oficial de notícias Xinhua neste sábado, salientando os padrões de segurança questionáveis no maior produtor de carvão do mundo.

O acidente ocorreu na capital regional de Urumqi, na sexta-feira à noite, quando 33 trabalhadores estavam no subsolo, segundo a agência, que citou autoridades locais.Onze trabalhadores foram feridos e seis escaparam, acrescentou.

A agência não identificou o nome da mina de carvão e disse que a causa do acidente está sendo investigada.

As minas chinesas são as mais mortais do mundo por causa da fraca execução das normas de segurança e uma corrida para alimentar a demanda de uma economia robusta.

Vinte e dois trabalhadores foram mortos em um acidente em mina de carvão no sudoeste da China em junho.

Em um esforço para melhorar a segurança no trabalho, a China planeja fechar mais de 2.000 minas de carvão de pequena escala em 2015.

Tudo o que sabemos sobre:
COMMODSCARVAOCHINA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.