Diálogo de Morales com partidos de oposição fracassa

O diálogo entre o presidente boliviano, Evo Morales, e a oposição sobre a fórmula de voto na Assembléia Constituinte terminou na madrugada desta segunda-feira sem resultados.Morales assegurou que não estava em suas mãos atender a reivindicação dos partidos de oposição e dos comitês cívicos regionais de mudar uma fórmula de votação aprovada na Assembléia Constituinte, que permite ao governo redigir a nova Constituição por maioria simples, sem a oposição."O assunto não está nas minhas mãos, está nas mãos da Assembléia", insistiu Morales durante a reunião, sugerindo a suspensão das sessões da Constituinte enquanto se dialoga, proposta que a liderança do fórum considerará nesta segunda-feira. Continua, portanto, a greve de fome de cerca de 600 pessoas, incluindo líderes regionais e empresariais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.