Diálogo é última chance de paz para Israel e palestinos, diz Liga Árabe

Secretário geral do órgão pede mais esforços dos EUA para conseguir avanços nas negociações

Efe

30 de setembro de 2010 | 10h39

CAIRO - O secretário geral da Liga Árabe, Amre Moussa, pediu nesta quinta-feira, 30, aos EUA que impulsione um "avanço tangível" nas negociações de paz entre palestinos e israelenses, e advertiu que se a atual rodada fracassar, não haverá outra.

 

Veja também:

especialInfográfico: As fronteiras da guerra no Oriente Médio

especialLinha do tempo Idas e vindas das negociações

forum Enquete: Qual a melhor solução para o conflito?

 

"Em todos meus diálogos com a parte americana falei sobre a necessidade de se alcançar um avanço positivo e tangível para os palestinos", afirmou Moussa, em entrevista publicada nesta pelo jornal governamental egípcio Al-Ahram.

 

A Casa Branca atua como mediadora na atual rodada de negociações entre israelenses e palestinos, em conversas que tiveram início no último dia 2 de setembro em Washington, após dois anos de estagnação.

 

A comissão de acompanhamento da paz da Liga Árabe deveria se reunir no próximo dia 4, no Cairo, com presença do presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP) Mahmoud Abbas, para tomar uma decisão sobre o futuro das conversas com Israel. O encontro, porém, foi adiado para o dia 6.

 

Moussa afirmou que a atual rodada de negociações de paz "será a última" caso não tenha resultados. "As negociações como estas já causam danos aos interesses dos árabes, sobretudo quando continuam os assentamentos (israelenses), pois seu objetivo se tornou gastar o tempo e continuar rindo dos árabes", afirmou.

 

Abbas ameaçou se retirar das conversas caso Israel não estendesse a moratória na construção de assentamentos nos territórios palestinos ocupados, mas Jerusalém não aceitou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.