Diálogo para governo palestino de união é adiado

As conversações entre as duas principais facções palestinas, Hamas e Fatah, para a formação de um governo de unidade nacional foram adiadas. Ambos os lados dizem que o diálogo será retomado quando o presidente palestino, Mahmoud Abbas, retornar de uma viagem a Nova York nesta semana.Mas assessores de Abbas acusaram o Hamas de renegar um pacto que prevê que um governo de unidade nacional respeitará acordos de paz já existentes com Israel.No sábado, o primeiro-ministro Ismail Haniya, do governo liderado pelo Hamas, disse que o grupo vai "trabalhar com" acordos passados com Israel sem reconhecê-los formalmente.A aparente disputa entre Hamas e Fatah ocorre menos de uma semana depois que líderes palestinos anunciaram que chegara a um acordo para a formação do governo de união.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.