Diana, uma ?criatura ridícula? nas cartas da rival Camilla

Em cartas de amor ao príncipe Charles, Camilla Parker Bowles dizia o quanto ansiava por ele e instigava seu amante a opor-se ?aos ataques furiosos dessa criatura ridícula?, sua mulher, Diana. Essas revelações foram publicadas, hoje, pelo jornal inglês Daily Mail.O jornal publica detalhes das cartas e diz que elas foram mostradas pela princesa a seu biógrado, Andrew Morton. Diana as encontrou quando vasculhava uma pasta de Charles à procura de evidências de seu caso com Parker Bowles.De acordo com o Daily Mail, Camila insistia com o príncipe para que não se sentisse culpado pelo relacionamento dos dois e prometia-lhe ser sua ?para sempre?.Nas cartas, ela descreve como seu ?coração e corpo? doem por estar com ele. ?Eu sonho estar com você dia e noite, para abraçá-lo, confortá-lo e amá-lo?, ela escreve ao homem que chama ?meu mais precioso bem-amado?. Morton conheceu Diana em 1991, quando pesquisava para escrever a biografia Diana: Sua Verdadeira História, que revelou a bulimia, solidão e mágoa da princesa com a infidelidade do marido.Em uma famosa entrevista à TV, em 1995, dois anos antes de sua morte aos 36 anos, em um acidente de carro em Paris, Diana disse que sempre houve três pessoas em seu casamento ? uma referência a Parker Bowles. Diana e Charles divorciaram-se em 1996, depois de 15 anos de casamento.Em algumas cartas a Charles, ainda segundo o jornal, Camilla descreve-se como ?sua devotada mala velha? e em uma, assina-se como ?Sua desesperadamente apatetada velha amiga?. Em outra, que confessa ter escrito no banheiro, durante o 91º aniversário da falecida rainha-mãe Elizabeth, diz ?odeio não poder dizer a você quanto eu o amo?.Ela despreza seu então marido, Andrew, taxando-o de ?parecido com um arminho enfezado ? pena que ninguém o empalhe?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.