Diarréia causa 81 mortes em Jacarta

Diversas área da capital sofrem com falta de água desde terça-feira

EFE

25 de novembro de 2007 | 04h56

Pelo menos 81 pessoas morreram nos últimos dias, no norte da cidade de Jacarta, por causa de um surto de diarréia provocado pela escassez de água potável. A falta de água limpa desde a terça-feira passada em amplas áreas da capital causou um grande aumento dos casos de diarréia na cidade, informou o jornal. O Governo da capital indonésia reconheceu que 31 distritos da capital, 29 deles no norte, sofreram cortes da provisão depois que um incêndio afetasse as instalações de distribuição de água potável. O hospital de Koja se encontra lotado de pacientes com diarréia e no sábado os médicos não puderam impedir a morte de um bebê de sete meses que faleceu por causa de desidratação. Em novembro, a cidade registrou cerca de 200 casos de diarréia por semana, e a administração enviou equipes aos diversos poços que abastecem de água a cidade para determinar quais estão infectados.

Tudo o que sabemos sobre:
Jacarta

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.