Dificuldade em acordar cedo pode ter raiz genética

A razão de algumas pessoas preferirem levantar cedo e de outras gostarem de virar a noite acordadas pode estar nos genes. Pesquisadores da Universidade de Surrey, na Grã-Bretanha, disseram ter encontrado uma ligação entre a preferência pela atividade de manhã ou à noite e um gene chamado Período 3.O gene é um dos envolvidos na regulagem do relógio biológico do corpo humano e aparece em duas versões ? uma curta e outra longa. Os pesquisadores descobriram que pessoas com preferência radical e definitiva por acordar cedo têm mais chances de ter a versão longa do Período 3. Já os que preferem as noites têm mais chances de possuírem a versão curta do gene.As descobertas são baseadas em testes realizados em quase 500 pessoas que visitaram o Museu da Ciência, em Londres. Foram tiradas amostras dos visitantes, que serviram para que seus DNAs fossem analisados.Os visitantes também preencheram questionários para determinar se são pessoas matutinas ou noturnas, respondendo a perguntas sobre horários preferidos para se exercitar ou a dificuldade que têm para levantar da cama.Os pesquisadores então compararam os resultados dos testes de DNA com os questionários."Nós descobrimos que a maioria das pessoas extremamente matutinas tem o gene mais longo e a maioria dos notívagos tem o gene mais curto", afirmou à BBC Simon Archer, que coordenou o estudo. Mas ele ressaltou que, apesar das descobertas da pesquisa, outros genes e outros fatores têm papel importante na definição das preferências de uma pessoa. As informações são do site da BBC em português. Para ler o noticiário da BBC, que é parceira do estadao.com.br, clique aqui.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.