Dilma envia nota de solidariedade ao governo da Noruega

A presidente Dilma Rousseff enviou hoje nota de solidariedade ao primeiro-ministro da Noruega, Jens Stoltenberg, pelos atentados ocorridos no país nórdico. Dilma afirma que "foi com profunda consternação que recebi a notícia dos atentados". "Gostaria de estender, em nome do governo e do povo brasileiros, nossos sinceros sentimentos de pesar e solidariedade ao Reino da Noruega e às famílias das vítimas."

AE, Agência Estado

22 de julho de 2011 | 19h39

O número de mortos já chega a 17 após a explosão de uma bomba e um tiroteio que ocorreram hoje em Oslo, capital da Noruega, segundo a polícia local. Quinze pessoas ficaram feridas. A violência começou à tarde, pelo horário local, quando uma bomba explodiu nas proximidades da sede do governo norueguês, ataque que deixou 7 mortos e 15 feridos, atingindo também a redação do jornal tabloide VG, o maior do país.

Mais tarde, um homem que vestia uniforme de policial atirou contra participantes de uma reunião da juventude do Partido Trabalhista norueguês, atualmente no governo, matando pelo menos 10 pessoas. Esse número foi confirmado pela polícia norueguesa. O suposto atirador foi detido.

Tudo o que sabemos sobre:
NoruegaataquesDilmasolidariedade

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.