Dilma irá ao Vaticano para missa do novo papa

O porta-voz do Planalto, Thomas Traumann, anunciou que a presidente Dilma Rousseff aceitou o convite do Vaticano e irá participar, na próxima terça-feira, da missa de início de pontificado a ser celebrada pelo novo papa, Francisco, o argentino Jorge Mario Bergoglio.

RAFAEL MORAES MOURA, Agência Estado

14 de março de 2013 | 13h57

A diplomacia do Vaticano está empenhada em conseguir que os principais países católicos enviem seu mais alto escalão para a solenidade, e o Brasil é uma das prioridades, ao lado da Argentina.

Na quarta-feira, em nota, a presidente Dilma cumprimentou o novo papa e a Argentina. "Em nome do povo brasileiro, congratulo o novo papa Francisco e cumprimento a Igreja Católica e o povo argentino. Maior país em número de católicos, o Brasil acompanhou com atenção o conclave e a escolha do primeiro papa latino-americano", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
papaDilmamissa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.