Dilma liga para Santos para parabenizá-lo por reeleição

Presidente brasileira falou com o líder colombiano por 10 minutos e afirmou que a sociedade colombiana 'fez uma opção clara pela paz'

Lisandra Paraguassu, Tânia Monteiro, O Estado de S. Paulo

16 de junho de 2014 | 19h26

BRASÍLIA - A presidente Dilma Rousseff ligou na tarde desta segunda-feira, 16,  para o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, para cumprimentá-lo pela reeleição. Em uma conversa de aproximadamente 10 minutos, Dilma qualificou a vitória de Santos de "espetacular" e afirmou que a sociedade colombiana "fez uma opção clara pela paz". 

Santos foi reeleito no domingo, 15, com 50,94% dos votos, ao derrotar Óscar Iván Zuluaga - que tinha vencido o primeiro turno. De acordo com a assessoria da Presidência, Dilma parabenizou o presidente colombiano "por insistir em uma saída negociada para o conflito colombiano" e disse que este é o objetivo de todos os sul-americanos. Ao final do telefonema, a presidente afirmou que a Colômbia é um "grande país" que poderá em breve "dedicar toda sua energia em favor do desenvolvimento social e econômico". 

Santos agradeceu o telefonema e disse que sempre considerou a presidente uma "grande aliada" e que o Brasil poderia contar com ele e com seu país como amigo.

Passada a eleição, Santos deve chegar na terça-feira, 17, a Brasília, onde feira assistirá ao jogo entre sua seleção e Costa do Marfim, no Estádio Nacional Mané Garrincha, marcado para a quinta, 19. A assessoria dos dois presidentes ainda tenta uma brecha na agenda para um encontro no Palácio do Planalto ou no Alvorada, mas Dilma deve recebê-lo em algum momento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.