Dilma parabeniza presidente eleito do México

A presidente Dilma Rousseff ligou nesta terça para o presidente eleito do México, Enrique Peña Nieto, para parabenizá-lo pela eleição. O telefonema foi por volta das 11h30 e durou cerca de dez minutos. Segundo a secretaria de imprensa da Presidência, Dilma classificou a eleição de Enrique Peña Nieto "uma vitória para a América Latina", acrescentando que o Brasil "ficou muito feliz com o resultado" das urnas.

TÂNIA MONTEIRO, Agência Estado

03 de julho de 2012 | 13h47

Enrique Peña Nieto, por sua vez, afirmou que o resultado das eleições "foi uma demonstração de maturidade do processo democrático do México".

Na conversa, Dilma convidou o novo presidente para uma visita ao Brasil, antes mesmo da sua posse em 1º de dezembro, e ele concordou em vir quando estiver fazendo um giro pelos países da região.

Ainda segundo a secretaria de imprensa, a presidente Dilma disse a Enrique Peña Nieto que o Brasil "está pronto a dar um impulso às relações bilaterais estratégicas". O Planalto negou que os dois presidentes tenham tratado de uma possível aproximação entre a Petrobras e a petrolífera mexicana.

Mais conteúdo sobre:
DilmaMéxicopresidente eleito

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.