Dilma pede à ONU que 'assuma suas responsabilidades'

A presidente do Brasil, Dilma Rousseff, em visita a Madri, discutiu ontem a situação em Gaza com o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, segundo informou o assessor especial de Assuntos Internacionais da presidência, Marco Aurélio Garcia. Em telefonema, Dilma pediu à ONU que "assuma suas responsabilidades" no caso. Ontem, Ban pediu a Israelo e ao Hamas que trabalhem com o Egito para alcançar uma trégua. Ainda de acordo com Garcia, Dilma também conversou com o presidente do Egito, Mohamed Morsi. Ele teria dito que "é importante que o Brasil exerça sua influência junto à ONU" para buscar uma solução para a crise entre israelenses e palestinos. Mas Garcia nega que o País pretenda se apresentar como mediador: "O que dissemos (a Morsi) é que o Mercosul está interessado em encontrar uma solução negociada, e até fez circular no conjunto dos membros do Conselho de Segurança das Nações Unidas uma nota". / ANDREI NETTO

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.