Diminuem conflitos entre estudantes e governo no Irã

Teerã, capital do Irã, amanheceu mais tranqüila neste domingo depois de vários conflitos violentos entre estudantes iranianosque pedem o fim do governo teocrático e milicianos pró-governo.No resto do país, no entanto, a violência continua e já causoupelo menos uma morte. Segundo o jornal Nasim-e-Saba, o manifestante Ali Moinimorreu ontem à noite em Shiraz, a 885 quilômetros ao sul deTeerã. Sua morte ocorreu depois que homens armados leais aolíder supremo do país, o aiatolá Ali Khamenei, atacaram umamanifestação de apoio aos protestos em Teerã. Os conflitos noturnos em Teerã começaram na últimaterça-feira e alcançaram seu auge na sexta, quando milicianospró-governo atacaram grupos de curiosos, além de invadir doisdormitórios universitários, ferindo mais de 50 estudantes. Emtodo o país, pelo menos 80 pessoas aforam detidas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.