Diminui confiança na capacidade do EUA evitar atentados

Os americanos estão perdendo a confiança em que o governo possa evitar futuros ataques terroristas, sugeriu uma pesquisa divulgada hoje. Mas, ao mesmo tempo, os entrevistados expressaram sólido apoio ao presidente George W. Bush. A sondagem, encomendada pela cadeia de televisão ABC e pelo jornal The Washington Post, determinou que cerca da metade dos entrevistados confiam em que novos ataques possam ser evitados. Logo após os atentados terroristas de 11 de setembro, 66% dos ouvidos expressaram confiança semelhante.Os dados obtidos mostram que, embora o apoio à ação militar continue sendo de 90%, apenas a metade dos entrevistados disseram que apoiarão o uso da infantaria se isso significar um grande número de mortos. Trata-se de uma queda significativa desde 27 de setembro, quando cerca de dois terços dos participantes da amostra expressaram seu apoio a uma guerra com tropas em terra, inclusive se isto significasse uma alta cifra de baixas.Por outro lado, a pesquisa indicou que a taxa de aprovação a Bush é de cerca de 90% - praticamente a mesma de logo depois dos atentados contra o World Trade Center e o Pentágono, que deixaram um saldo de cerca de 5.000 mortos e desaparecidos. O estudo, que ouviu 756 adultos, foi realizado na terça-feira e tem uma margem de erro em torno de 3,5%.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.