Diminui vantagem de Calderón sobre López Obrador no México

O candidato presidencial governista Felipe Calderón manteve uma ligeira dianteira nas pesquisas de intenção de voto no México, mas sua vantagem sobre o esquerdista Andrés Manuel López Obrador reduziu-se a quatro pontos percentuais nas últimas semanas, segundo sondagem divulgada nesta quarta-feira pelo jornal Reforma.Calderón, do Partido Ação Nacional (PAN), caiu de 40% das intenções de voto no início de maio para 39% agora, enquanto López Obrador, do Partido da Revolução Democrática (PRD), subiu de 33% para 35%.Roberto Madrazo, do Partido Revolucionário Internacional (PRI), manteve-se em terceiro lugar com 22% das preferências para as eleições de 2 de julho.A sondagem foi realizada entre 19 e 21 de maio com 2.099 eleitores. A margem de erro é de 2.3 pontos percentuais.Pesquisas recentes têm colocado Calderón com ligeira vantagem em primeiro lugar, depois que por pelo menos dois anos López Obrador manteve-se na frente com uma vantagem de até 10 pontos no início do ano."A sondagem adianta um cenário de muita competitividade entre os aspirantes do PAN e do PRD no debate televisionado que todos os candidatos realizarão em 6 de junho", escreveu o Reforma.Um debate anterior, de 25 de abril, foi boicotado pelo candidato esquerdista, o que para muitos colaborou para sua queda nas pesquisas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.