Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Femern/EFE/EPA
Femern/EFE/EPA

Dinamarca começará a construir em 2021 o maior túnel submerso do mundo

Passagem terá 18 quilômetros de extensão e conectará as ilhas dinamarquesas de Lolland-Falster, ao sul de Copenhague, com a região alemã de Schleswig-Holstein, passando sob o Báltico

Redação, O Estado de S.Paulo

25 de abril de 2020 | 05h00

A Dinamarca anunciou na sexta-feira, 24, que a construção do maior túnel submerso do mundo começará em janeiro de 2021, que será usado por trens e carros e ligará o país escandinavo à Alemanha.

"As obras começarão em 1º de janeiro de 2021 e continuarão do lado alemão entre agora e meados de 2022", disse o Ministério dos Transportes em comunicado.

O túnel terá 18 quilômetros de extensão e conectará as ilhas dinamarquesas de Lolland-Falster, ao sul de Copenhague, com a região alemã de Schleswig-Holstein, passando sob o Báltico.

Levará 10 minutos de carro e sete minutos de trem para atravessá-lo, em vez do tempo de balsa atualmente necessário.

Embora existam outros túneis subaquáticos mais longos, como o que atravessa o Canal da Mancha, este será o mais longo que não está enterrado no fundo do mar. Em outras palavras, os blocos de concreto ocos serão submersos e colocados em uma vala cavada no fundo do mar Báltico.

Na Alemanha, essas obras são suspensas por ordem judicial, devido a uma denúncia apresentada aos tribunais por grupos opostos ao trabalho de engenharia. /AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.