Dinamarqueses são presos por contrabando de explosivos à Alemanha

Três dinamarqueses foram condenados nesta quarta-feira pela posse e tentativa de contrabando de um quilo de um explosivo plástico, ainda não identificado, à Alemanha, informou a polícia alemã. Os dinamarqueses foram condenados a um ano de prisão pelo tribunal municipal de Kalundborg, cerca de 120 quilômetros a oeste de Copenhagen. As identidades dos três homens, que não negaram as acusações, não foram reveladas. Dois dos acusados foram presos na Alemanha no dia 12 de abril. O terceiro homem, suspeito de ter vendido o explosivos, foi preso em Kalundborg no mesmo dia.Os dois suspeitos viajaram da Dinamarca para Darmstadt, na Alemanha, onde se encontraram com um outro dinamarquês que havia chegado da Espanha e que supostamente havia encomendado os explosivos. Aparentemente temendo uma prisão, os dois decidiram se livrar dos explosivos cerca de 100 quilômetros antes do local de entrega em Darmstadt, quando a polícia os prendeu. A origem dos explosivos ainda não foi esclarecida, contudo, investigadores acreditam que eles tenham sido roubados do exército dinamarquês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.