Diocese americana paga US$ 5,2 mi por assédio sexual

A diocese católica de Covington vai pagar cerca de US$ 5,2 milhões a 27 pessoas que dizem ter sofrido abuso sexual na juventude. Os homens e mulheres acusaram ao menos seis padres que dirigiram paróquias, entre os anos de 1960 e 1970, em Lexington e norte de Kentucky.Em dois acordos anunciados neste fim de semana, as indenizações alcançam um total de US$ 4,2 milhões para 24 pessoas e US$ 750 mil para outras três. A quantia que cada um receberá individualmente baseia-se na gravidade do abuso e seu impacto na vida da pessoa.A negociação é a conclusão de encontros mantidos pelo bispo Roger J. Foys e os reclamantes, dos quais 22 entraram com processos na justiça, enquanto os outros mantiveram-se fora dos tribunais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.